sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Fischer-Z, So Long

Os Fischer-Z, banda britânica que fez furor na Europa e na Austrália entre os anos de 1979 e 1981.



A formação original dos Fischer-Z era constituída por John Watts (vocais, guitarra), David Graham (baixista), Steve Skolnik (teclados) e Steve Liddle (bateria).

Os Fischer-Z foram buscar as suas influências à New Wave que abalava o Reino Unido, ao Ska e ao Reggae.


Para a posterioridade ficaram êxitos como «The Worker», «So Long», «Marliese» e «The Perfect Day».

Longe vão os tempos dos concertos em Lisboa, Porto e Coimbra, no mítico Pavilhão dos Olivais.



Um quarto de século depois, pouca gente se lembra deles, mas «So Long» e «Marliese» permanecem no ouvido.

Discografia

Singles

  • The Worker (1979) - UK #53
  • So Long (1980) - UK #72, AUS #15
  • Marliese (1981)
  • The Perfect Day (1988) - UK #91, AUS #12

Albums

  • Word Salad (1979)
  • Going Deaf For A Living (1980)
  • Red Skies Over Paradise (1981)
  • Reveal (1987)
  • Fish's Head (1989)
  • Going Red for a Salad (The UA Years) (1990)
  • Destination Paradise (1992)
  • Kamikaze Shirt (1993)
  • Stream (1995)
  • Ether (2002)

http://www.fischer-z.com/?c=home

http://www.johnwatts.co.uk/?c=BIOGRAPHY

terça-feira, fevereiro 26, 2008

Milo Manara, Tarot Erótico (2)

Milo Manara (alias Maurilio Manara) nasceu em Luson, na Itália, a 13 de Setembro de 1945. Génio incompreendido, depois de estudar arquitectura e pintura, o autor estreou-se no mundo da BD em 1969 com a obra Genius um conto negro sensual e sombrio.


As histórias de Manara geralmente giram em torno de mulheres elegantes, bonitas e expostas a cenários e enredos eróticos improváveis e fantásticos.


O estilo de Manara favorece linhas mas simples e limpas para mulheres – que são muito voluptuosas, diga-se de passagem - e reservam traços mais complexos para seus monstros ou outros elementos sobrenaturais.


O seu trabalho atingiu o público no continente americano em grande parte pelos trabalhos expostos na revista Heavy Metal. Curiosamente, Manara é menos popular na Itália que na França, onde é considerado um dos maiores Autores de Banda Desenhada do mundo.


Detentor de um traço sem igual, principalmente quando dedica-se a desenhar mulheres, muitas vezes seu traço acaba colocando de lado as histórias que narra e as críticas que existem inerentes à sociedade.

http://www.milomanara.com

segunda-feira, fevereiro 25, 2008

Dire Straits, Sultans of Swing

Mark Knopfler em dueto com Eric Clapton

Quiçá os dois melhores guitarristas do mundo.

Soberbo este vídeo clip re-descoberto esta semana por mim no You Tube.


"Sultans do Swing" foi o primeiro single da banda britânica Dire Straits.

Gravado inicialmente como uma demo, que rapidamente adquiriu vida própria e um estatuto de notoriedade, depois de ela ter sido colocada em rotação na Radio London.

Não demorou muito para a popularidade se encontrar com os Dire Straits, tendo-lhes sido oferecido um contrato com a Phonogram.

A canção foi então regravada e lançada simultaneamente no Reino Unido e nos Estados Unidos, embora a versão demo permanecesse no original britânico da Vertigo.



Sultans of Swing


You get a shiver in the dark

Its been raining in the park but meantime

South of the river you stop and you hold everything

A band is blowing dixie double four time

You feel all right when you hear that music ring



You step inside but you dont see too many faces

Coming in out of the rain to hear the jazz go down

Too much competition too many other places

But not too many horns can make that sound

Way on downsouth way on downsouth london town



You check out guitar george he knows all the chords

Mind hes strictly rhythm he doesnt want to make it cry or sing

And an old guitar is all he can afford

When he gets up under the lights to play his thing



And harry doesnt mind if he doesnt make the scene

Hes got a daytime job hes doing alright

He can play honky tonk just like anything

Saving it up for friday night

With the sultans with the sultans of swing



And a crowd of young boys theyre fooling around in the corner

Drunk and dressed in their best brown baggies and their platform soles

They dont give a damn about any trumpet playing band

It aint what they call rock and roll

And the sultans played creole



And then the man he steps right up to the microphone

And says at last just as the time bell rings

thank you goodnight now its time to go home

And he makes it fast with one more thing

we are the sultans of swing


Dire Straits




Sultans of Swing entrou directamente para os tops em 1979.

Top Ten nos EUA e no Reino Unido, o single fez com que o primeiro álbum dos Dire Straits fosse um sucesso.


O formação inicial dos Dire Straits era bem simples: duas guitarras, um baixista, e uma bateria.

Mark Knopfler vocais e guitarra solo;

David Knopfler em guitarra ritmo;

John Illsley sobre o baixo;

Pick Withers em bateria.

Para recordar…

http://www.mark-knopfler-news.co.uk/biogs/mark.html

http://www.odabasi.net/ds.htm

sábado, fevereiro 23, 2008

sexta-feira, fevereiro 22, 2008

A História Repete-se...



Vídeo da Reuters censurado…

Milhares de pessoas protestaram em Belgrado, capital da Sérvia contra a Independência do Kosovo.



Conteúdo inapropriado dizem eles, vídeos censurados no You Tube



O que querem esconder?
Após uma noite de violência em Belgrado, os noticiários da tarde abriram com o assalto à Embaixada dos EUA. Nos noticiários da noite nem uma palavra sobre o assunto…
Para meditar…



"O precedente do Kosovo é um precedente horrível. De facto, fez voar em estilhaços todo o sistema das relações internacionais existentes", declarou hoje, em Moscovo, o presidente russo, Vladimir Putin.

Rússia ameaça utilizar a força no Kosovo se NATO ou UE "desafiarem" a ONU

A Rússia disse hoje que se reserva o direito de “utilizar a força” se a NATO ou a UE “desafiarem” a ONU sobre o Kosovo, e endossou aos países ocidentais a responsabilidade pela violência de ontem em Belgrado, durante uma manifestação de protesto contra a independência do Kosovo convocada pelas autoridades sérvias, em que ficaram feridas dezenas de pessoas.



O principio do fim?

quinta-feira, fevereiro 21, 2008

Guns N' Roses, November Rain



November Rain - Chuva de Novembro


When I look into your eyes


I can see a love restrained

But darlin' when I hold you

Don't you know I feel the same

'Cause nothin' lasts forever

And we both know hearts can change

And it's hard to hold a candle

In the cold November rain

We've been through this such a long long time

Just tryin' to kill the pain

But lovers always come and lovers always go

And no one's really sure who's lettin' go today

Walking away

And when you take the time to lay it on the line

I could rest my head

Just knowin' that you were mine

All mine

So if you want to love me

then darlin' don't refrain

Or I'll just end up walkin'

In the cold November rain

Do you need some time...on your own

Do you need some time...all alone

Everybody needs some time...on their own

Don't you know you need some time...all alone

I know it's hard to keep an open heart

When even friends seem out to harm you

But if you could heal a broken heart

Wouldn't time be out to charm you

Sometimes I need some time...on my own

Sometimes I need some time...all alone

Everybody needs some time...on their own

Don't you know you need some time...all alone

And when your fears subside

And shadows still remain

I know that you can love me

When there's no one left to blame

So never mind the darkness

We still can find a way

'Cause nothin' lasts forever

Even cold November rain

Don't ya think that you need somebody

Don't ya think that you need someone

Everybody needs somebody

You're not the only one

You're not the only one




Para mim uma das melhores canções de sempre...

Greenpeace, finalmente em Portugal

«A Greenpeace lança hoje um escritório virtual em Portugal. A organização ambientalista Internacional decidiu responder aos pedidos e inscrições de 7000 portugueses através da criação de uma presença constante no país. A primeira campanha é em defesa dos oceanos.

A partir de hoje, os portugueses já podem envolver-se mais directamente com a Greenpeace através do sítio www.greenpeace.pt. Desde Novembro do ano passado que a Greenpeace Internacional, com a ajuda de uma fundação, tem uma equipa dedicada a Portugal. Para o arranque das actividades, já está disponível um portal em português que incluí páginas sobre a instituição, informação nacional e internacional, vídeos e imagens, mailing list, newsletter, ciber acções e um espaço reservado à imprensa.

Esta entrada em Portugal foi pedida pelos ciber activistas portugueses registados nas newsletters e nos blogs da organização “Portugal tem sido desde o início da Greenpeace uma fonte de activismo para a organização. Os sócios portugueses da Greenpeace Internacional têm feito contribuições assinaláveis tanto ao nível financeiro como na conquista de vitórias para o ambiente“, sublinha Gerd Leipold, director executivo da Greenpeace Internacional. “A Greenpeace é uma organização moderna e nós sabemos que é importante que as pessoas estejam envolvidas. O lançamento do escritório virtual e da presença em Portugal é um novo e excitante projecto para a Greenpeace e para os sócios portugueses. Não posso esperar pelo momento de ver os portugueses a fazer campanha em Portugal em defesa dos oceanos”, acrescenta.



A equipa da Greenpeace Portugal trabalha a partir do escritório da Greenpeace Internacional, em Amesterdão.

O campanha que a Greenpeace Portugal está a realizar no terreno, tem um enfoque na comercialização de produtos da pesca. Segundo a FAO, cerca de 77% dos stocks de peixe estão explorados ou sobre explorados. Este projecto enquadra-se na campanha internacional que visa estabelecer uma rede global de reservas marinhas e de recuperar os oceanos para um cenário de abundância e saúde. “Os portugueses sempre estiveram ligados ao mar. Nós fomos os exploradores dos oceanos para chegar a terras e continentes. Com esta campanha, a Greenpeace convida os portugueses para que ajudem a encontrar soluções para as ameaças e para a destruição dos nossos oceanos”, explica Evandro Oliveira, porta-voz da Greenpeace em Portugal. A Greenpeace é uma organização que faz acções directas não violentas para denunciar ameaças ao meio ambiente e que propõe soluções. “O consumidor português é o que consome mais quantidade de peixe per capita na Europa. Por isso Portugal é um parceiro importante nesta questão e há necessidade de que os produtos ilegais e insustentáveis desapareçam do mercado. O peixe é parte da cultura portuguesa e a Greenpeace quer que ele continua a existir para os nossos filhos e para os pescadores locais que dependem deste recurso para sobreviver”, refere Paloma Colmenarejo, Responsável pela Campanha de peixe sustentável da Greenpeace Portugal . Apesar da Greenpeace em Portugal ter um enfoque nos oceanos, os activistas vão entrar em acção no âmbito de campanhas internacionais noutras áreas, sempre que se justifique, à semelhança do que aconteceu em Lisboa em Dezembro de 2007. »


Visite o site:

http://www.greenpeace.pt




segunda-feira, fevereiro 18, 2008

Zeitgeist, the movie

Após a leitura de um artigo no Diário de Notícias, de hoje, 18.02.2008 fiquei curioso acerca de Zeitgeist, o filme, pesquisei na rede e na Wikipedia e encontrei isto acerca do filme:«Zeitgeist, the Movie é um filme de 2007 produzido por Peter Joseph (pseudônimo de James Coyman) da GMP LLC, que apresenta uma série de Teorias de Conspiração relacionadas com o Cristianismo, os ataques ocorridos a 11 de Setembro de 2001, a Nova Ordem Mundial, os Senhores do Mundo e um Governo Mundial e ainda a Reserva Federal dos Estados Unidos da América.



Primeira Parte: The Greatest Story Ever Told

A primeira parte do filme é uma avaliação crítica do cristianismo. O filme sugere que Jesus seja um híbrido literário e astrológico e que a bíblia trata de uma miscelânea de histórias baseadas em princípios astrológicos pertencentes a civilizações antigas – Civilização Egípcia e Hórus. A atenção do filme foca-se inicialmente no movimento do Sol e das estrelas, facto este que é uma das características das religiões "pagãs" (pré-cristãs).


Segunda Parte: All The World's a Stage

A segunda parte do filme centra-se nos ataques ocorridos contra os EUA no dia 11 de Setembro de 2001. Segundo este filme, o governo dos Estados Unidos tinha conhecimento desses ataques e que a queda das Torres Gémeas – World Trade Center foi uma demolição controlada. O filme assegura que a NORAD, entidade responsável pela defesa aérea dos Estados Unidos, tinha sido propositadamente baralhada no dia dos ataques com um exercício simulado em que os Estados Unidos estavam a ser atacados por aviões sequestrados.


Terceira Parte: Don't Mind The Men Behind The Curtain

A terceira parte do filme defende que o sistema bancário mundial tem estado a conspirar para obter uma dominação mundial total. O filme sugere que a Reserva Federal dos Estados Unidos da América foi criada para roubar a riqueza dos EUA. O filme demonstra, como exemplo, o lucro que foi obtido pelos bancos durante a I Guerra Mundial, a II Guerra Mundial, Guerra do Vietname, Iraque, Afeganistão, e a futura invasão à Venezuela para obtenção de petróleo. O filme descreve a conspiração destes banqueiros, argumentando que o objectivo deles é o controle sobre todos os seres humano. Criando um só governo, uma só moeda.

O filme também aborda, a sociedade humana sendo microchipada. Para transacções bancárias, passe de identidade, localização, sem alusão a ficção.»

In Wikipedia

Não será este filme a denúncia do Clube de Bilderberg?

http://www.zeitgeistmovie.com

Para ver o filme com legendas em português – You Tube:

http://video.google.com/videoplay?docid=-1437724226641382024

No You Tube:

http://video.google.com/videoplay?docid=5547481422995115331

After reading an article in the Daily News, today, 18.02.2008 I was curious about Zeitgeist, the film, researched the network in Wikipedia and found that about the movie: "Zeitgeist, the Movie is a film produced, 2007 by Peter Joseph (pseudonym of James Coyman) of GMP LLC, which has a number of theories related to the Bill of Christianity, the attacks on September 11, 2001, the New World Order, the ladies of the world and a World Government and even the Federal Reserve of the United States of America.


Part One: The Greatest Story Ever Told


The first part of the film is a critical evaluation of Christianity. The film suggests that Jesus is a hybrid literary and Astrological and that the bible is a patchwork of stories based on ancient civilizations - Egyptian civilization and Hórus. The focus of the film is initially focuses on the movement of the sun and the stars, this fact it is one of the characteristics of religions "pagan" (pre-Christian).


Part Two: All The World's a Stage


The second part of the film focuses on attacks against the United States on September 11, 2001. According to this film, the United States government was aware of these attacks and that the fall of the Twin Towers - World Trade Center was a controlled demolition. The film ensures that NORAD, the body responsible for the air defense of the United States, had been deliberately on the day of the attacks with a simulated exercise in which the United States were being attacked by planes hijacked.


Third Party: Do not Mind The Men Behind The Curtain


The third part of the movie argues that the global banking system has been conspiring for a total world domination. The film suggests that the Federal Reserve of the United States was created to steal the wealth of the USA. The film shows, as an example, the profit that was obtained by the banks during World War I, World War II, Vietnam War, Iraq, Afghanistan, and the future invasion of Venezuela to obtain oil. The film describes a conspiracy of bankers, arguing that the purpose of them is the control over all human beings. Creating a single government and a single currency.


The film also addresses the human society being microchipada. For banking transactions, pass an identity, location, without reference to fiction. "


In Wikipedia


It is not this movie the complaint to the Club of Bilderberg?




Http://www.zeitgeistmovie.com



To see the film with subtitles in Portuguese - You Tube:


Http://video.google.com/videoplay?docid=-1437724226641382024


As You Tube:


Http://video.google.com/videoplay?docid=5547481422995115331

sábado, fevereiro 16, 2008

Winds of War - Ventos de Guerra

Abrir-se-à de novo a Caixa de Pandora, no Kosovo, amanhã?

Filmes da Guerra que varreu os Balcãs entre 1991 a 1999, da Eslovénia, à Croácia, passando pela Bósnia-Herzegovina, à Jugoslávia, para culminar no Kosovo, para reflectir…

Relembro uma Europa que assistia impotente a um conflito que fez nos seus piores momentos lembrar a WWII.

sexta-feira, fevereiro 15, 2008

Greenpeace - Os Guerreiros do Arco-Íris

Contra o nuclear, marchar, marchar...

Impedindo o despejo de resíduos radioactivos nos oceanos

Estas imagens correram mundo, colocando as vidas em risco activistas da Greenpeace tentam impedir o despejo de bidons radioactivos no oceano.

O Mar transformou-se numa gigantesca lixeira!
Estaremos a tempo de fazermos o caminho inverso?



Pela defesa das baleias e contra a pesca industrial levada a cabo pelo Japão e pela Rússia...


Quantas vezes estes homens e mulheres desafiaram o arpoador do navio fábrica japonês, interpondo-se entre este e as baleias?

Em prol do Planeta Água!

Em defesa da Antárctida...



Contra os Combustíveis Fósseis, a favor das energias renováveis e limpas...


Pela preservação da Floresta...




Contra os Transgénicos...

Imagens duma luta sem tréguas em inúmeras frentes, porque só há uma Terra, vamos destruí-la?


"Um dia, a Terra vai adoecer. Os pássaros cairão do céu, os mares vão escurecer e os peixes aparecerão mortos na correnteza dos rios. Quando esse dia chegar, os índios perderão o seu espírito. Mas vão recuperá-lo para ensinar ao homem branco a reverência pela sagrada terra. Aí, então, todas as raças vão se unir sob o símbolo do arco-íris para terminar com a destruição. Será o tempo dos Guerreiros do Arco-Íris."

(Profecia feita há mais de 200 anos por "Olhos de Fogo", uma velha índia Cree.)

Esta profecia embalou as longas noites dos fundadores do Greenpeace que navegavam para as Ilhas Aleutas, no Alasca, em 1971, na tentativa de impedir um teste nuclear dos Estados Unidos. A acção estimulou um imenso debate e ganhou o apoio da opinião pública contra os testes nucleares, que foram suspensos no mesmo ano. Nascia, assim, o Greenpeace. E a profecia daria nome ao primeiro navio da organização, o Rainbow Warrior, e acabaria por baptizar os activistas do Greenpeace - conhecidos em todo o mundo como "Os Guerreiros do Arco-Íris"


O Greenpeace é uma organização global e independente que actua para defender o meio ambiente e promover a paz, inspirando as pessoas a mudarem atitudes e comportamentos. Investigando, expondo e confrontando crimes ambientais, desafiando os governantes a reverem as suas posições e a mudarem os seus conceitos. Na busca de soluções economicamente viáveis e socialmente justas, que ofereçam esperança para esta e para as futuras gerações.



Mais em:

http://www.greenpeace.org/international/


http://www.greenpeace.org/brasil/




terça-feira, fevereiro 12, 2008

Amnésia Colectiva

O Nazismo não Existiu!?

Adolf Hitler era uma personagem simpática e carismática?

Os nazis eram um povo tolerante, que conviviam alegremente com comunistas, judeus, socialistas, democratas, homossexuais e pessoas de outras raças e credos?


O Holocausto é uma mentira?

Aliás indo mais longe, no Irão dos Ayatollahs, o nazismo e o Holocausto são puras invenções dos judeus...

63 anos depois pretende-se branquear a História e esquecer os horrores da II Guerra Mundial.

Passe o pleonasmo, o Tide lava mais branco e mergulhamos a pouco e pouco na amnésia colectiva, no esquecimento...




E ao mergulhar no limbo esquecemos a Noite de Cristal, os «Pogroms», os Campos de Trabalho e de Extermínio, as câmaras de gás, as valas comuns, o bombardeamento de populações civis e indefesas, os genocídios levados a cabo pelo Eixo contra diversos povos, na II Guerra Mundial, em nome da pureza da raça!

Para cúmulo, a questão do Holocausto foi proibida este ano, no Carnaval do Rio de Janeiro!


De polémica em polémica, ao ponto que isto chegou, a intolerância levou a que livros, cartoons, filmes, espectáculos e outras manifestações artísticas fossem retiradas dos escaparates e de exibição, tudo em nome do Islão.

Parece que vivemos nos tempos da Santa Inquisição, em que todos aqueles que pensavam de maneira diferente acabavam na fogueira.

Para cúmulo veio o arcebispo da Igreja Anglicana de Inglaterra sugerir que parte da Sharia poderia ser adoptada em Inglaterra como modelo de vida!

Pasme-se!

Pena Bin Laden, Almadinejad, Adolf Hiler e Himmler não coexistirem no mesmo espaço tempo...

Texto – Mário Nunes




Exactamente, como foi previsto há cerca de 60 anos




É uma questão de História lembrar que, quando o Supremo Comandante das
Forças aliadas, General Dwight D. Eisenhower encontrou as vítimas dos campos de concentração, ordenou que fosse feito o maior número possível de fotos, e fez com que os alemães das cidades vizinhas fossem guiados até aqueles campos e até mesmo enterrassem os mortos.




E o motivo, ele assim explanou: " Que se tenha o máximo de documentação - façam filmes - gravem testemunhos - porque, em algum ponto ao longo da história, algum bastardo se erguerá e dirá que isto nunca aconteceu".




"Tudo o que é necessário para o triunfo do mal, é que os homens de bem nada façam". (Edmund Burke)

Relembrando:


Esta semana, o Reino Unido removeu o Holocausto dos seus currículos escolares porque "ofendia" a população muçulmana, que afirma que o Holocausto nunca aconteceu...



Este é um presságio assustador sobre o medo que está atingindo o mundo, e o quão facilmente cada país está se deixando levar.

Estamos a mais de 60 anos do término da Segunda Guerra Mundial.




Este email está sendo enviado como uma corrente, em memória dos 6 milhões de judeus, 20 milhões de russos, 10 milhões de cristãos, e 1900 padres católicos que foram assassinados, massacrados, violentados, queimados, mortos de fome e humilhados, enquanto Alemanha e Rússia olhavam em outras direcções.

Agora, mais do que nunca, com o Irão, entre outros, sustentando que o "Holocausto é um mito", torna-se imperativo fazer com que o mundo jamais esqueça.





Texto de Madalena Lemos, autora do blogue

http://pensamentoseespiritualidade.blogspot.com/




Para constar: «Em 1933, Hitler chega ao poder pela via eleitoral, sendo nomeado primeiro-ministro, com o apoio de nacionalistas, católicos e sectores independentes. Com a morte do presidente Hindenburg (1934), Hitler torna-se chefe de governo (chanceler) e chefe de Estado (presidente). Interpreta o papel de führer, o guia do povo alemão, criando o 3º Reich (Terceiro Império).

Com poderes excepcionais, Hitler suprime todos os partidos políticos, excepto o Nazi; dissolve os sindicatos; cessa o direito de greve; fecha os jornais de oposição e estabelece a censura à imprensa; e, através das organizações paramilitares, SA (guarda do Exército), SS (guarda especial), e da Gestapo (polícia política), implanta o terror com a perseguição e eliminação dos judeus, dos sindicatos e dos políticos comunistas, socialistas e de outros partidos.




O intervencionismo e a planificação económica adoptados por Hitler eliminam, no entanto, o desemprego e provocam o rápido desenvolvimento industrial, estimulando a indústria bélica e a edificação de obras públicas, além de impedir a retirada do capital estrangeiro do país. O crescimento vigoroso da economia alemã deve-se em grande parte à atitude dos grandes grupos do país, tais como Krupp, Siemens e Bayer, que apoiam Adolf Hitler.

Desrespeitando as cláusulas do Tratado de Versalhes, Hitler reinstitui o serviço militar obrigatório (1935), remilitariza o país e envia tanques e aviões para amparar as forças conservadoras do General Franco na Espanha, em 1936. Nesse mesmo ano, cria o Serviço para a Solução do Problema Judeu, sob a supervisão da SS, que se dedica à exterminação sistemática dos judeus por meio da deportação para guetos ou campos de concentração. Anexa a Áustria (operação chamada, em alemão, de Anchluss) e a região dos Sudetas na Checoslováquia (1938). Ao invadir a Polónia, em 1939, deflagra o início da 2ª Guerra Mundial (1939-1945).»

Em:

http://modernacontemp.freewebpages.org/mod2guerramundialcrono.htm



segunda-feira, fevereiro 11, 2008

sábado, fevereiro 09, 2008

Voo 222

«A investigação do Ministério Público aos voos da CIA sobre território português transportando prisioneiros que possam ter sido submetidos a tortura é um passo no sentido certo, mas tardio. É pena que o Ministério Público só tenha tomado uma iniciativa a reboque do trabalho abnegado e persistente da deputada Ana Gomes e não tenha tomado a iniciativa de avançar para um inquérito. Essa seria uma boa maneira de nos dizer que a sua essência não é apenas a defesa dos superiores interesses do Estado, seja lá isso o que for, mas que zela de forma activa e autónoma pela saúde do Estado de direito democrático.



A estranha união que esta questão tem criado entre sectores do PS, PSD e CDS só nos pode inquietar na medida em que nos diz que os interesses mais subterrâneos desta convergência estarão relacionados com uma concepção particular daquilo que é o interesse da Nação. Ou seja, defesa tão acirrada da opacidade do Estado e ataque tão descabelado a Ana Gomes e a todos os que expressam as suas preocupações sobre a questão sugerem-nos uma enorme incomodidade política só compreensível perante a possibilidade de as sarjetas do poder de Estado guardarem o segredo terrível de um colaboracionismo abjecto com o sequestro e a tortura. Um colaboracionismo com o terrorismo de Estado, essa fórmula salvífica de violação das leis nacionais e internacionais, de aniquilação dos direitos humanos, de consagração da tortura, de varrimento de séculos de lutas por conquistas nos direitos civis para debaixo do tapete, que democratas de ontem e talibãs de hoje defendem como a fórmula acabada de nos livrar a todos do mal islamita.


O desafio colocado a esta investigação do Ministério Público é gigantesco para que ela própria não se transforme no certificado necessário aos defensores da tese de que todos nos devemos vergar perante os superiores interesses do Estado. Por isso, para superar a partida tardia talvez não fosse mau que todos, mas todos, os meios de recolha de prova fossem desencadeados. Das escutas à desclassificação de documentos secretos que seguramente existem nessa condição. E que todos sejam obrigados, nem que seja moralmente, face às responsabilidades políticas que tiveram, a colaborar. Dos primeiros-ministros em funções desde o início da guerra do Iraque aos ministros da Defesa, dos Negócios Estrangeiros, da Administração Interna e da Justiça, acabando nos chefes das polícias, aeronáutica civil e militar, aeroportos e serviços de informações. Se é para investigar, então que se vá até ao fundo. Ao menos uma vez na vida!»

Citando Eduardo Dâmaso, in DN on line


«O presidente do Governo regional dos Açores, Carlos César (PS), admite que aviões transportando alegados suspeitos de terrorismo para a base norte-americana de Guantanamo, em Cuba, tenham passado em território nacional, o que considera "lamentável".(…)» in Publico


Que atrocidades ocorrem atrás destas imagens?
Que guerra suja está ocorrer sob os nossos céus?
Vale Tudo?

Fotos enviadas pelo amigo V.A.

terça-feira, fevereiro 05, 2008

Rio de Janeiro, Magia e Sedução

Juliana Paes...

Salgueiro

Viradouro

Porto da Pedra

Portela

Mangueira

Império Serrano

Caprichos de Pilares

Rio de Janeiro, Brasil

Diversão, Folia, Magia e Sedução…

Imagens do Carnaval de 2008

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...