segunda-feira, Abril 23, 2012

As caçadas de El Rey


A pouco e pouco, vamos regressando ao antigamente, tanto tem sido o glamour esbanjado pelas revistas de charme lavando a imagem do feudalismo, da aristocracia, do fascismo e do nazismo, sem nos darmos conta disso.
O que terá levado o Rei de Espanha Juan Carlos, em pleno Século XXI, a um país distante - Botswana, caçar elefantes? Enquanto os seus súbditos se debatem com uma crise sem precedentes, SM anda lá longe (no Sul de África, no meio do deserto e da savana) dando uns tiritos. Ainda para mais, sendo Sua Majestade (espanhola) Presidente da World Wildlife Fund, uma organização ecologista e defensora da vida animal, grande sorvedoura de fundos públicos e privados…
Algo soa a falso…
Só que a presa virou-se contra o caçador e o rei acabou vítima num acidente de caça, sofrendo uma fractura na anca. Não fosse o acidente e nada se saberia.
O rei Juan Carlos pediu desculpa por matar o tempo a aniquilar elefantes e logo meio mundo expressou um oh enternecido, com o ar pesaroso do monarca.
A pouco e pouco, as máscaras da elite reptiliana vem caindo, no dealbar duma Nova Ordem, que os poderosos pretendem criar, uma coisa não se sabe ao certo, quem pagou a caçada?
Terá ela sido organizada por um príncipe saudita ou por uma princesa alemã de seu nome Corinna Zu Sayn-Wittgenste ou paga pelo povo espanhol?
Uma boa pergunta. Enquanto isso, o castelo espanhol promete desmoronar-se e mergulhar na mais profunda anarquia.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...