segunda-feira, março 29, 2010

Aviões por terra


Não há memória duma coisa assim, sucedem-se uns atrás dos outros, tipo soma e segue, os acidentes de aviação, com pequenas aeronaves. Começa a cheirar a esturro e a dar que pensar, vai daí, o Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes de Aeronaves (GPIAA) está a investigar as causas do acidente aéreo que ocorreu no fim-de-semana passado em Castelo Branco vitimando duas pessoas.

No dia 6 de Março uma aeronave vitimou igualmente, em Montemor-o-Novo, duas pessoas, alegadamente por falha do motor depois da descolagem. Nesse acidente morreu o coronel Costa Martins, um conhecido militar do 25 de Abril.

Em 15 meses morreram 13 pessoas em acidentes aéreos de aviões de pequenas dimensões.

Quais as causas deste forte aumento de acidentes aéreos?

Falta de manutenção por redução de custos face à crise?

Desleixo puro e simples?

Ou interferências magnéticas nos dispositivos electrónicos e eléctricos que originam falhas mecânicas encadeadas?

Isto para não falarmos dos acidentes com aviões das grandes transportadoras, pois, os últimos anos tem sido férteis em desastres para todos os gostos… em diversas latitudes e longitudes

A dar que pensar…

Será que os aviões acidentados eram velhos?

Ou estariam a precisar de manutenção?

Afinal alguém me pode explicar o que se está a passar?


1 comentário:

astroquack disse...

Tem graça que coincide com os mini-tornados que agora estão na moda, será que tem algo a ver com o...HAARP? As ovelhoas nunca mais acordam...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...